Acorda, Brasil

O absurdo promovido pelo demitido secretário nacional da Cultura,

Postado: 20/01/2020 - 10:27

O absurdo promovido pelo demitido secretário nacional da Cultura, Roberto Alvim, de fazer apologia ao nazismo, com exaltação a Goebbels, chefe da propaganda de Hitler, reafirma o avanço do neofascismo e a omissão irresponsável das elites ditas liberais. As esquerdas estão na resistência. A condescendência com o endurecimento do regime pode custar muito caro.