Só maldade

Enquanto o presidente ataca a mídia, se esforça para dar energia barata

Postado: 20/01/2020 - 10:10

Enquanto o presidente ataca a mídia, se esforça para dar energia barata às igrejas evangélicas e desmonta a Comissão de Mortos e Desaparecidos políticos na ditadura, o secretário da Cultura, Roberto Alvim, defende um Brasil nazista. Para piorar, agrava-se drasticamente o caos no INSS, com mais de 2 milhões de pessoas prejudicadas. Retrato do governo Bolsonaro.