Bancos

Santander

Banco Santander prejudica o retorno de bancários

Postado: 06/06/2019 - 16:17

O Sindicato dos Bancários da Bahia tem recebido diversas denúncias de descaso do Santander com os funcionários lesionados. Em vias de regra, após o afastamento médico, o trabalhador deve passar por exames para comprovar que está apto a retornar à função. No entanto, o Santander, responsável por realizar o procedimento, atrasa. Há casos em que o bancário espera por mais de 30 dias. 

Para completar, em alguns situações os salários são suspensos, uma vez que quando a licença médica expira o bancário perde a cobertura do INSS enquanto aguarda o exame para voltar à atividade. Ou seja, fica a deriva, sem benefícios. Durante esse período, a angústia é grande. 

O Sindicato cobra celeridade para resolver os inúmeros casos de exames a serem feitos, mas a postura do banco tem sido de meia culpa, argumentando que vai regularizar a situação, mas, na prática, deixa nítida a postura em tratar os funcionários como peças descartáveis e substituíveis.