Bancos

Itaú Unibanco

Sindicato realiza ato em defesa do emprego no Itaú

Postado: 29/05/2019 - 15:42

Trabalhar todos os dias sobrecarregado e ainda com ameaças de demissão. Os bancários do Itaú vivenciam diariamente esta rotina, o que contribui para o adoecimento físico e mental. Para mobilizar e dizer um basta às ações da empresa, o Sindicato dos Bancários da Bahia e a Federação dos Bancários da Bahia e Sergipe realizaram atos em agências do banco em defesa do emprego e contra o fechamento de unidades.


A atividade integra a Semana Nacional de Luta do Itaú, uma reação às medidas do banco. Foram fechadas 86 agências físicas de janeiro até agora, atingindo 501 bancários. Do total, 460 foram realocados e os outros 41 demitidos. Até o final deste ano, não se sabe quantos postos de trabalho serão eliminados e quantas famílias ficarão desassistidas pela ganância de banqueiros.


Os cortes são infundados. O Itaú, maior banco privado do país, lucrou R$ 25,733 bilhões em 2018. Mesmo assim, demite. No último trimestre do ano passado, 597 funcionários foram desligados. 


O Itaú divulgou que vai fechar 400 agências este ano. Desde o anúncio, o Sindicato tem se mobilizado com ações em repúdio ao banco, pela garantia do emprego e melhores condições de trabalho.