Bancos

HSBC

Aprovada compra do HSBC, com restrição

Postado: 09/06/2016 - 14:55

O Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) aprovou, com restrições, a compra das operações do HSBC Brasil pelo Bradesco. A transação movimentou R$ 17,6 bilhões. 
 
Para fechar negócio, o Bradesco terá de debater e fechar um ACC (Acordo em Controle de Concentrações), com o Cade. A intenção é impedir futuros riscos ao mercado de crédito brasileiro. 
 
Entre as medidas, o banco não pode participar de fusões e aquisições de organizações financeiras e administradores de consórcios que atuem no Brasil pelo prazo de 30 meses. Terá de explicar aos clientes do HSBC como funciona a portabilidade de serviços financeiros, caso queiram mudar de banco.
 
Mas, um fato importante precisa ficar muito bem esclarecido. O emprego dos funcionários do HSBC também devem ser mantidos, assim como os direitos já conquistados.
 
O Sindicato dos Bancários da Bahia está atento a todas as movimentações do negócio e não vai deixar que os trabalhadores sejam penalizados. Se necessário, vai recorrer à Justiça.