Bancos

Safra

Dono do Safra está na mira da Justiça

Postado: 05/04/2016 - 15:07

A Justiça brasileira chegou ao Grupo Safra. Através da Operação Zelotes, que investiga fraudes na Receita, o Ministério Público Federal acaba fazer denúncia contra o dono do banco, Joseph Safra, e o ex-diretor da empresa João Inácio Puga, sob a acusação de negociar R$ 15,3 milhões de propina para que dois servidores da Receita trabalhassem em favor da empresa no CARF (Conselho Administrativo de Recursos Fiscais).
 
Segundo a denúncia, o ex-diretor negociava a propina, mas só a liberava após o aval de Joseph, considerado o segundo homem mais rico do país em 2015, de acordo com a revista Forbes.
 
A negociação seria para retirar multas da JS Administração de Recursos, um dos braços do grupo, que chegavam a R$ 1,8 bilhão em valores atuais, o que correspondia a 42,6% do capital social da empresa.