Notícia

[Itaú encerra biblioteca virtual sem comunicar nada]

Itaú encerra biblioteca virtual sem comunicar nada

Postado dia: 21/01/2020 - 11:17

Para decepção dos funcionários que contavam com uma válvula de escape em meio às inúmeras tarefas do dia, o Itaú decidiu encerrar a biblioteca virtual sem nem ao menos comunicar, no final de dezembro passado. Os bancários podiam solicitar, no site do banco, obras para serem entregues no local de trabalho. 


Esta não é a primeira vez que a empresa acaba com benefícios que incentivam o consumo cultural. Antes, já havia cancelado o vale-cultura, direito conquistado na campanha salarial de 2014.


Por incrível que pareça, a iniciativa é totalmente contraditória às peças publicitárias do Itaú, que mostra como um incentivador ao acesso literário para crianças. Por trás dos holofotes, o maior banco privado do país restringe todo e qualquer acesso cultural aos bancários. 


A postura adotada pela empresa demonstra falta de interesse em manter benefícios que não trazem retorno financeiro, mesmo que seja necessário adotar a mesma linha de desprestígio à cultura traçada pelo governo. Por isto, o movimento sindical cobra esclarecimentos do Itaú sobre os motivos que levaram ao cancelamento do serviço e o reestabelecimento.