Notícia

[Após propaganda de nazismo, secretário é exonerado]

Após propaganda de nazismo, secretário é exonerado

Postado dia: 17/01/2020 - 14:44

Após fazer um pronunciamento oficial em que copia frases de um discurso de Joseph Goebbels, ministro da Propaganda da Alemanha nazista, o secretário especial da Cultura, Roberto Alvim, foi demitido do cargo, nesta sexta-feira (17/01). 


A divulgação do discurso causou um onda de indignação em todo o Brasil. A estética do vídeo, inclusive, era parecida com a propaganda nazista. Roberto Alvim afirmou que "a arte brasileira da próxima década será heroica e será nacional. Será dotada de grande capacidade de envolvimento emocional e será igualmente imperativa, posto que profundamente vinculada às aspirações urgentes de nosso povo, ou então não será nada".


É inaceitável que um representante do povo tenha esse tipo de pensamento e utilize do cargo que ocupa para expor a simpatia que tem pela ideologia nazista. Mais preocupante ainda é que um gestor se sinta à vontade para escancarcar a face neonazista do governo Bolsonaro. Tempos sombrios no Brasil.