Notícia

[Com tecnologia, 1.200 agências serão fechadas]

Com tecnologia, 1.200 agências serão fechadas

Postado dia: 11/11/2019 - 14:00

Os bancos investem alto em tecnologia. Até aí tudo bem. O problema é que também reduzem o número de agências físicas e, consequentemente, o quadro de pessoal, causando prejuízos para às pessoas que não tem acesso aos canais digitais e àquelas que preferem o atendimento humanizado, como muitos idosos. 


Bradesco e Itaú vão fechar 800 unidades em todo o país até 2020. O Banco do Brasil não divulgou dados, mas somente neste ano encerrou as atividades de 417 agências. Para cortar ainda mais os custos e ampliar o lucro, as empresas lançam os famosos PDVs (Programa de Demissão Voluntária).


Em julho, o Itaú anunciou um plano, sem informar o montante de adesões que pretende obter. Já o Bradesco havia adotado um PDV em 2017, teve cerca de 7,5 mil adesões. Neste ano, abriu um novo programa, no entanto, ainda não divulgou o número de participantes.


A Caixa também segue a onda e lançou um PDV com o objetivo de reduzir 3,5 mil postos de trabalho. Desde 2015, o banco fechou quase 20 mil postos de trabalho. Tudo isso tende a piorar, pois, para o próximo ano, a previsão é de mais agências fechadas.