Notícia

[Governo libera mais agrotóxicos para consumo]

Governo libera mais agrotóxicos para consumo

Postado dia: 18/09/2019 - 16:59

Sem qualquer preocupação com a saúde e o bem-estar do cidadão, Bolsonaro libera mais 63 agrotóxicos para utilização nas lavouras. Desses, 15 estão na lista de extremamente tóxicos. Desde o início do governo, pelo menos 353 pesticidas foram autorizados pelo Ministério da Agricultura.


Entre os princípios altamente tóxicos estão o clorfenapir, banido no Reino Unido, e o Fipronil, que não foi aprovado nem pelos Estados Unidos nem pelos britânicos.
 

O Brasil é responsável por cerca de 20% de todo agrotóxico comercializado no mundo e ocupa a primeira posição no ranking dos países que mais consomem agrotóxicos. Agora, se torna o paraíso para as multinacionais de pesticidas.
 

Um relatório da ONG Public Eye revela que 32% dos produtos classificados como extremamente tóxicos produzidos pela empresa Syngenta são consumidor no Brasil. Embora tenha sede na Suíça, lá a multinacional não pode vender os pesticidas, proibido de ser comercializado.
 

A liberação dos agrotóxicos tem motivado diversas ações de boicote aos produtos brasileiros pelo mundo. É o caso de supermercados na Suécia e da Rússia que em janeiro impôs ao governo uma condição para continuar comprando a soja brasileira: reduzir o uso desses produtos.