Notícia

[Ato em defesa da Educação e da Previdência]

Ato em defesa da Educação e da Previdência

Postado dia: 12/08/2019 - 14:07

Com o Bolsonaro, não dá para vacilar. O brasileiro deve ocupar as ruas para enfrentar o governo e impedir mais retrocesso. As grandes manifestações do primeiro semestre, que reuniram mais de um milhão de pessoas, devem ganhar mais força e ampliar a agenda.


E é o que milhares de cidadãos prometem fazer nesta terça-feira (13/08) nos quatro cantos do país, com atividades contra os cortes no orçamento da educação, o projeto "Future-se", que, na prática, privatiza o ensino superior público e a reforma da Previdência, aprovada na semana passada pela Câmara Federal.


Em Salvador, acontece passeata saindo do Campo Grande, a partir das 9h. As aulas também devem ser suspensas em diversas escolas. O contingenciamento nas universidades e institutos federais já soma R$ 6,1 bilhões. Algumas instituições correm risco de suspender as atividades nos próximos meses devido à falta de recurso.


O que muita gente não sabe é que a educação continua a perder verba, para atender a agenda do grande capital. Dos R$ 3 bilhões liberados por Bolsonaro a parlamentares para conseguir aprovar a reforma da Previdência, R$ 1 bilhão sairam do orçamento do MEC (Ministério da Educação).