Notícia

Falta de trabalho baixa estima dos brasileiros

Postado dia: 06/12/2018 - 10:59

Procurar emprego por mais de dois anos causa forte desanimo entre os brasileiros. Por conta disto, chegou a 4,8 milhões o número de desalentados - pessoas que deixaram de buscar uma vaga no mercado de trabalho. A situação interfere diretamente na autoestima, gera ansiedade e até mesmo depressão. 

O volume de empregos perdidos não foi e não será recuperado tão cedo, com o agravamento da política neoliberal. Entre 2016 e 2017, foram encerrados no país mais de 2 milhões de postos de trabalho. O resultado é o maior desde o início da pesquisa do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), em 1976.

Sem trabalho formal, milhões de pessoas foram jogadas na informalidade ou tiveram de se submeter a contratos sem nenhuma garantia de direitos e até renda, já que em alguns casos o trabalhador só ganha se a empresa solicitar e por hora trabalhada. 

O IBGE revela que 37,060 milhões de brasileiros vivem hoje do trabalho informal, com jornadas que muitas vezes ultrapassam 12 horas, para manter o mesmo padrão de vida de quem tem a carteira assinada.