Notícia

Novo governo volta a atacar o BNDES. Absurdo

Postado dia: 08/11/2018 - 14:00

Mesmo faltando quase dois meses para tomar posse Bolsonaro já colocou em risco o comércio exterior brasileiro, ao atacar a China, os países árabes e o Mercosul. Agora voltou a ameaçar o BNDES. Nesta quinta-feira (08/11), afirmou em um tweet que pretende "abrir a caixa preta do BNDES". A equipe do presidente eleito estuda acabar com o banco, fundado em 1952. 

Desde o golpe de 2016, Temer esvazia a instituição. O projeto do governo é arrancar R$ 310 bilhões dos cofres do BNDES e entregá-los ao Tesouro Nacional até o final deste ano.  Ou seja, mais da metade do estoque de créditos do governo federal no banco quando Dilma Rousseff foi tirada da presidência.

A instituição é um dos maiores bancos de desenvolvimento do mundo e principal instrumento do governo federal para o financiamento de longo prazo e investimento em todos os segmentos da economia.

O BNDES triplicou de tamanho em 2010, no final do governo Lula, em relação ao tamanho na época de FHC. Tornou-se referência mundial como banco de fomento e desenvolvimento para países ao redor do mundo. Concedeu créditos superiores a R$ 500 bilhões para financiar a infraestrutura do país em pouco mais de 10 anos.